Livros


O verão daquele ano - RJ: CBJE - 2013

O ser que não escuta
Os homens não escutam o outro
Os homens estão distraídos
E ausentes
E não querem escutar o outro
Eles olham somente para si
E seus afazeres
E não enxergam o outro
Eles estão centrados nos seus interesses
E seus afazeres
Não veem
E não escutam o outro
São egoístas
E só veem a sua vida.

Alma serena
Ao caminhar na vida
Que eu tenha projetos novos
Que eu tenha boas e novas experiências
Que tenha imaginação
E possa criar
E amar
E que na dor
E nos sofrimentos
Na adversidade
E nas horas tristes tenha fé
Esperança
E paz
E que minha alma se mantenha forte
Serena
E em equilíbrio.

Quase
Ser que é quase ausente da beleza
E da poesia na existência
Quase não tem imaginação
Criatividade
Individualidade
E interesses
Ser massificado
Ser tipificado
Gosto padronizado
Sem sensibilidade
E vida espiritual
Ser que não vê quase a beleza
Da poesia
E do lirismo na vida!