Tratamento de dificuldades de aprendizagem

Carmen Lúcia Hussein

Um grande número de crianças com dificuldade de aprendizagem existe nas escolas do primeiro grau.

Distúrbio de aprendizagem caracteriza aquela criança que, apesar de apresentar integridade física, sensorial, intelectual e emocional não consegue apresentar um rendimento acadêmico compatível com o seu potencial.

Quando o programa de ensino está ajustado às necessidades motivacionais e ao desenvolvimento do aprendiz, somente uma parcela reduzida de crianças estaria no rol das diagnosticadas como alunos que têm dificuldades de aprendizagem.

Em relação ao problema do planejamento e programação da remediação para crianças com distúrbios de aprendizagem há princípios que devem nortear o planejamento de um programa

Os princípios são os seguintes:

1) a criança deve ser estudada para que se descubra o método mais adequado a ela.Portanto, não existe um único método adequado a todas as crianças com distúrbios de aprendizagem.

2) A consideração deliberada da esfera afetiva é essencial. A alta motivação é pré- requisito de êxito da criança com dificuldades de aprendizagem

3) O planejamento de programas para distúrbios de aprendizagem deve basear-se em uma teoria de aprendizagem para ser mais efetiva

4) É importante que o tratamento se oriente para o programa individual da criança para a tarefa ou para o processo escolar.

O atendimento deve ser individualizado.Deve ser planejado o programa e o material para cada criança tratada. O tempo atende o ritmo de aprendizagem de cada criança e todo o esforço requerido para o domínio da habilidade e o nível ótimo de aprendizagem.

Segundo Vallet para o problema alcançar efetivamente o objetivo planejado deve se identificar as habilidades deficientes;e usar o programa especial para remediar esta habilidade. Neste sentido, a maiorias das Teorias de Aprendizagem enfatizam a importância de uma hierarquia crescente na complexidade das situações de aprendizagem , visando assim um melhor nível de desempenho.

Quando a criança é colocada em um programa deve já estar disponível dados que possam ser usados para o diagnóstico e programas de remediação. Em geral os dados incluem registros de observação e entrevistas do professor,além de vários testes de habilidades de aprendizagem geral ou aptidão escolar.

Estes programas são aprendizagem planejados para cada aluno individualmente E são devidamente usados deveriam servir de estímulos para uma programação criativa e é também um tratamento psicoeducacional.

A idéia básica é que a maioria dos aprendizes pode aprender bem se otimizarmoa a instrução para os mesmos e se lhe dermos o tempo suficiente para aprender.

As dificuldades de aprendizagem podem ser modificadas através de instruções específicas e procedimentos educacionais. É essencial que a dificuldade possa ser identificada e o programa sequencial e organizado pode ser desenvolvido para adequar os pontos fortes e fracos deste aluno.

Assim o papel do psicólogo escolar está começando a surgir. Não há dúvida que o papel deste psicólogo é um profissional que orienta o professor na aplicação da teoria de aprendizagem ao ensino e situação de aprendizagem ao aluno.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Bittencourt, S.T.(1985) –A escola como possibilidade da identificação da interferência da socialização em crianças com dificuldade de aprendizagem.
Roteiro Fundação Educação do Oeste Catarinense, , 3(110 P 19-25
Santiago ,N(1973)-Remediação verbal em crianças carentes culturais:Estudos experimentais-Dissertação de mestrado apresentada ao IPUSP
Machado,V.L.S.-Efeito de um treino de discriminação sobre a aprendizagem de comportamento textual.Dissertação apresentada ao IPUSP em 1979
Vallett, RE(1968)The remediation of Learning Disabilities-California, Handbook of Psychoeducational Resource Programs.
Vallet, R.E.(1968)The evaluation and programming of Basic learning abilities.Journal of School Psychology, vol 6, nº 4
Witter, G. P. (1999). Leitura: Textos e pesquisas. Campinas : Alínea Editora.
Witter G. P. (2004) (Org.). Leitura e Psicologia. Campinas: Alínea Editora.