A Importância da expressão poética
A redação de poesia beneficia o escolar no processo crítico e criativo sobre a leitura crítica e criativa e suas respectivas redações o que leva o aluno a questionar e refletir sobre os valores e os problemas existentes na vida. E que o estudante adquire a apreciação das qualidades poéticas como a beleza, a harmonia e a simplicidade que além de serem percebidas no poema também são vistas nas pessoas e na vida. Outro benefício é que esta escrita contribui para melhorar os alunos com linguagem limitada como também a redação desta habilidade desenvolve a motivação e os hábitos de leitura de poesia e de literatura. Ainda esta escrita influencia e possibilita a melhoria terapêutica da saúde mental das dificuldades e dos conflitos emocionais nos aprendizes. (Xerri,2013).

A criatividade é muito importante no nível social e incentiva os indivíduos a serem pioneiros e a progredirem em ciência, tecnologia, saúde e arte. Ela é relevante para o nível global da sociedade e ajuda na realização de um mundo de modo mais interativo da civilização humana que é importante na solução dos problemas da vida real para todos os indivíduos e estudantes. Assim o ser humano não teria avanço na ciência, literatura, arte e invenção se não houvesse este processo(Sak,2004).

Neste sentido, a criatividade se relaciona a prevenção de problemas a medida que auxilia o individuo a desenvolver o seu potencial e facilitar a emergência de forças internas na resolução de problemas presentes e futuros.(Wechsler,1993).

Também é considerada a importância dessa habilidade como forma de reação ao controle da censura e da propaganda planejada sistematicamente, quer no nível de literatura persuasiva e anúncios como também em nível político.(Hussein,2008 ).

Considera-se que os textos poéticos dão a oportunidade para o poeta de refletir sobre os problemas da vida do homem. E possibilita o questionamento e uma atitude reflexiva dos valores existentes, pois o material do poeta é ele mesmo e a sua vida e assim, a poesia pode expressar a experiência de si próprio , do vida, do outro e do mundo ( Novaes,1971).

A autora acima observa no ensino uma valorização exagerada na aprendizagem de raciocínio logico, racional e convergente, em detrimento com aquele que envolve processos intuitivos e que usem a imaginação possibilitando as vivencias sensoriais que estimulam a produção criativa.

Ela continua ao dizer que o estimulo à produção e a leitura de poemas realizam uma atividade de humanização, que educam os sentidos, as emoções, a imaginação e a razão num processo necessário e permanente de descoberta e desenvolvimento das possibilidades humanas.

Para se compreender um benefício que desenvolve o aprendiz no aspecto de valores éticos ,críticos sociais e humanos é necessário considerar e lembrar que a poesia na sua a leitura e escrita conduzem a espiritualidade, a religiosidade, a alma e os sentimentos. E que o aluno adquire e pode expressar valores mais dignos da vida, como o amor e a solidariedade, a beleza, o bem, a justiça, a verdade e a liberdade com a poesia. E que o escolar pode aprender vários ângulos da existência e obter a importância do sentido dela. A poesia pode levar a refletir, a meditar e a dar um maior sentido ao existir.(Hussein,2013).

A linguagem poética mostra a experiência da procura de novas percepções e de novas ideias. A quebra do discurso logico leva ao ato reflexivo que solicita do individuo uma observação perspicaz das palavras e de suas relações com diferentes contextos e diferentes usos que podem criar um clima na sala de aula que procura desvendar e despertar a emoção e a reconstrução de uma realidade ( Bragotto,1994)

Conforme a autora acima a linguagem poética é um exercício de liberdade que se coloca a serviço da auto expressão. É quando o individuo a partir da linguagem estabelece uma comunicação íntima e interior, através da palavra. Deste modo descobre o seu estilo com perspectiva individual. e renova-se através dela.

A estudiosa acima afirma que a poesia não está comprometida somente com o mundo, mas é devaneio ou descompromisso que possibilita a leitura do mundo e possibilita abrir os horizontes e torna-se um veiculo que permite transcender a visão logica e direta. Através da poesia pode-se ampliar a consciência e adquirir uma nova dimensão da realidade..

A educação é importante quando se ensina nas escolas a leitura e a escrita de poesia sendo que podem ajudar o poeta a descobrir as verdades fundamentais da existência e a despertar os seus sentidos e empatia para perceber um novo mundo. E que o poema deve levar o aluno a ajudar-se e a conhecer-se melhor e que além disso a habilidade da criação de poesia não precisa se justificar e portanto, a existência desta habilidade pode causar o prazer estético e a satisfação que ela desperta (Sak,2004).

Nesta direção, Spiro (2007) colocou que há vários pesquisadores e educadores que acharam que a leitura compartilhada de poesia é importante para o desenvolvimento do ensino de hábitos de leitura. Frequentemente ouvir e ler textos levaram os alunos a serem modelados. E diz que a poesia é o gênero mais popular para ensinar as crianças os hábitos de leitura que despertariam nelas as estratégias e a sensibilidade.Assim,o autor concluiu que a leitura de poesia compartilhada conduz a melhoria de linguagem limitada de crianças e estimula os hábitos de leitura.

Por outro lado Freud (1906) considera que a obra literária como um devaneio que é a continuação ou o substituto da brincadeira infantil e que a satisfação de usufruir da leitura de uma obra literária conduz a uma liberação de tensões na mente do escritor que possibilita a ele obter o deleite de seus próprios devaneios não tendo assim autoacusações e vergonha.

Por outro lado Freud (1906) considera que a obra literária como um devaneio que é a continuação ou o substituto da brincadeira infantil e que a satisfação de usufruir da leitura de uma obra literária conduz a uma liberação de tensões na mente do escritor que possibilita a ele obter o deleite de seus próprios devaneios não tendo assim autoacusações e vergonha.

Encontrou-se o estudo feito por Hussein (2017) apresento alguns estudos que mostraram a função e a importância terapêutica da poesia. Assim, Mazza (2012) achou que os exercícios de escrita de redação criativa em poesia foram úteis para melhorar a autoestima, a solução de problemas, a interação social e o comportamento pró-social de jovens. A autora acima continuou citando Kaufman e Kaufman (2007) que afirmaram a importância do uso da poesia para ajudar a dificuldade emocional que a pessoa experiencia ao ajustar-se a situação de dor e as autoras em seguida falaram do poder de cura da escrita expressiva. A estudiosa acima afirmou que a pessoa utilizou a poesia para comunicar aquilo que não podia ser expresso. que assim estas autoras concluíram afirmando que a mensagem subjacente seria o poder da poesia expressar em palavras os sentimentos de tristeza e de perda. A escritora acima citou Staltaro (2006) que realizou um estudo com 33 participantes com depressão que foram comparados com um grupo que não tinha esse problema e que encontrou que a poesia efetivamente aumentou certos processos internos e positivos, tais como insights, e diminuiu os conflitos interiores. Também autora acima citou Vass (2002) mostrou que a escrita de poesia melhorou as dificuldades de saúde mental de jovens

Nesta direção Hussein (2017) continua citando o trabalho feito por Kaufman e Kaufman (2007) na perspectiva clinica que focalizaram o seu estudo como literatura de autoajuda na medida em que foi mais classificada como uma memória pessoal intensa. E que estas autoras afirmaram que Mckeithen ,a mãe escreveu sobre o seu esforço em lidar com a doença degenerativa de seu filho e que ela utilizou a poesia para ajuda-lo e que parte da dificuldade emocional que a mãe experiência foi a ambiguidade da situação porque o seu filho não recebeu o diagnóstico específico mas somente uma descrição de sintomas que tendiam a continuar piorando.

O ensino de poesia deve usar questões de alto nível propostas por Bloom (1997)no ensino de leitura crítica e criativa que é uma tarefa preliminar na fase inicial e a seguir usar estas questões divergentes para dar o treino de redação crítica e criativa como atividades preparatórias sendo que após esta atividade dar o treino de criação poética.

Referências Bibliográficas
Bampi M. L. F. (1995). Efeitos de um Programa para desenvolvimento da criatividade na escrita. Dissertação de Mestrado. Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Campinas.
Bragotto, D. (1994). Programa Experimental para o Desenvolvimento da Expressão Poética em Adolescentes. Dissertação de Mestrado. Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Campinas.
Condemarin, M. e Chadwick, M. (1987). A escrita criativa e formal. Porto Alegre: Artes
Hussein, C. L. (2008). Leitura Crítica e Leitura Criativa: Ensino e Aprendizagem. Rio de Janeiro: CBJE.
Hussein(2017) Reflexões sobre a criatividade aobre o ensino de redação de poesia para escolares. Será publicado na Revista de Psicopedagogia em julho de 2017